procissão de N. Sra Aparecida

IGREJA NOSSA SENHORA  DO AMPARO

procissão de N. Sra Aparecida

Na prefeitura da Barra Mansa - RJ

Roteiro de Amparo

Fazenda Bonsucesso

Na fazenda Bonsucesso funciona um criatório conservacionista de jacarés do papo amarelo, batizado de Projeto Arurá. Maior biodiversidade genética da espécie no Brasil. Além dos animais, o local apresenta um pequeno museu e diversos produtos artesanais que podem ser adquiridos pelos visitantes. Localizado na Fazenda Bonsucesso,  o local é aberto à visitação com acompanhamento de um guia.

http://www.arura.com.br/v2/page/

 

Artesanato Stella Carvalho

O pequeno distrito de N. Sra. do Amparo parece congelado no tempo, com suas paisagens bucólicas, ainda com algumas ruas de pedras construídas por escravos, casas seculares de grande valor histórico e ritmo calmo.
É nesse paraíso de tranquilidade que se instalou, há 43 anos, em uma casa em estilo colonial, um centro de artesanato formado por talentosas mulheres. O artesanato antigo, trabalhado com pequenos retalhos que resultam em belíssimas colchas e bonequinhas de pano, e o artesanato novo, que usa a técnica do patchwork para produzir criativas mantas, almofadas, bolsas, entre outras peças exclusivas. Ponto permanente de exposição e venda dos trabalhos

 

 

 

Igreja de Nossa Senhora do Amparo

A centenária igreja com estilo neoclássico foi erguida por mão-de-obra escrava, a partir de iniciativa do Visconde de Rio Bonito, então presidente da província do Rio de Janeiro. O templo teve a construção concluída em 1865. Sua fachada elegante sem excessos de adornos é um bom exemplo da arquitetura neoclássica religiosa. O prédio mantém-se em péssimo estado de conservação, ao ponto de permanecer interditado há mais de um ano (desde 2011) porque o teto ameaça cair. O patrimônio arquitetônico e religioso, um dos únicos da região que se manteve com a mesma estrutura da construção ainda aguarda reparos.

Serviço

Endereço: Praça Arthur Luiz Correa, 73, Amparo
Telefone: (24) 3340-2801


 

Fazenda

Santana do Turvo

Pioneiro na cultura do café em Barra Mansa, Manoel Gomes de Carvalho obteve da Coroa Portuguesa uma sesmaria de terras localizadas às margens do Ribeirão do Turvo. Nessas terras fundou duas importantes fazendas, Santana do Turvo e Criciúma, que em pouco tempo tornaram-se grandes produtoras de café. Santana, que teria sido construída por volta de 1826, chegou a possuir cerca de 250 escravos e uma produção anual de 180 mil arrobas de café. Manuel Gomes de Carvalho foi agraciado com o título de Barão do Amparo, em 17 de junho de 1853. Após sua morte, ocorrida em 25 de maio de 1855, a Fazenda Santana do Turvo coube ao seu filho João Gomes de Carvalho, agraciado em 5 de maio de 1867, com o título de Barão de Barra Mansa, elevado a Visconde com grandeza, em 13 de janeiro de 1868. O Visconde de Barra Mansa morreu solteiro, em 1889, e não deixou descendência legítima. Até o advento da estrada de ferro, o café produzido em Santana do Turvo, era levado por barcas pelo Rio Paraíba do Sul até a localidade de Ypiranga, Vassouras, para deste ponto ser transportado pela estrada Presidente Pedreira até a Corte do Rio de Janeiro. Possui ampla área, outrora destinada à lida do café, na qual resta ainda um aqueduto para movimentar a roda d’água, algumas construções de apoio e uma capela. A Santana do turvo está aberta a visitação.

Localização : FAZENDA SANTANA DO TURVO - 3 km. Após o Centro de Amparo

Pousada, albergue, restaurante, piscina

Parque Natural Municipal de Saudade

 

O Parque de Saudade é o local ideal para aproveitar os momentos de lazer. A área possui 15 mil metros quadrados, sendo 97% de cobertura florestal. Conta com uma grande variedade de espécies de aves e árvores nativas de Mata Atlântica, pista para caminhadas, auditório para 100 pessoas, um Centro de Educação Ambiental instalado em um casarão edificado na década de 1920 e toda a estrutura necessária para receber os visitantes.

 

Localização: Rua Elza Maria de Amorim, nº 3.538, bairro Saudade

  

Parque saudade - foto Fabio Guimas PQ Saudade

 

Horto Florestal

O Parque Natural Municipal Carlos Roberto Firmino de Castro (Horto Florestal), possui uma área de aproximadamente 22 mil metros quadrados. No local são produzidas mudas de várias espécies, utilizadas em ações de educação ambiental e de reflorestamento de áreas degradadas do município.

O Horto Municipal é referência em produção de mudas, educação ambiental e biodiversidade e ainda  é a sede do Banco de Sementes de Barra Mansa, que é responsável por monitorar e armazenar todas as sementes de matrizes identificadas em vários pontos da cidade.

 

Localização: Bairro Água Comprida.

 

 

Fazenda da Posse

A história da fazenda se confunde com a da cidade.  Ela foi fundada no século XVIII e serviu de marco da vila de São Sebastião da Barra Mansa, que teve origem em uma sesmaria concedida em 1768 a Francisco Gonçalves de Carvalho. A casa sede em estilo colonial abriga atualmente o Centro de Documentação e Memória de Barra Mansa.

Localização: Rua Doutor Dario Aragão, nº 2, Centro.

 

 Foto Fazenda da Posse

 

Parque Centenário (Jardim das Preguiças)

Projetado pelo célebre paisagista francês Auguste François Marie Glaziou, o Parque Centenário foi inaugurado no dia 7 de setembro de 1880. Está situado à frente do Palácio Barão de Guapy.  Suas grades guardam ainda o estilo de uma época e seu portal registra a beleza do Brasil-Colonial. Também é conhecido como Jardim da Preguiça.O clima agradável atrai visitantes que desejam praticar atividades físicas e apreciar o antigo coreto, os monumentos, as várias espécies arbóreas e os animais, entre eles, o bicho-preguiça, que nomeia popularmente o Parque.

 

Localização: Praça da Bandeira, Centro.

 

Fazenda Bonsucesso

Na fazenda Bonsucesso funciona um criatório conservacionista de jacarés do papo amarelo, batizado de Projeto Arurá. Maior biodiversidade genética da espécie no Brasil. Além dos animais, o local apresenta um pequeno museu e diversos produtos artesanais que podem ser adquiridos pelos visitantes. Localizado na Fazenda Bonsucesso,  o local é aberto à visitação com acompanhamento de um guia.

Localização: Distrito de Nossa Senhora do Amparo.

 

 

 

Fazenda Santana do Turvo

A Santana do Turvo destacou-se como uma das maiores produtoras de Café da região, foi a maior produtora de café do município, propriedade erguida pelo Visconde de Barra Mansa, em 1826. A fazenda oferece hospedagem completa e um amplo espaço externo onde o visitante pode desfrutar da piscina, campo de futebol, área de churrasco, entre outros atrativos.

Localização: Estrada Amparo - Quatis, Distrito de Nossa Senhora do Amparo.

 

 

Palácio Barão de Guapy

Tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural - INEPAC, o Palácio Barão de Guapy foi inaugurado no dia 3 de outubro de 1861. O prédio é o mais rico exemplar neoclássico da cidade. Foi sede da Câmara Municipal e da Prefeitura, hoje abriga a Fundação de Cultura e a Biblioteca Municipal.

Localização: Rua Custódio Ferreira Leite, nº 1, Centro.

 

 

Estação das Artes

A antiga Estação Ferroviária da Estrada de Ferro D. Pedro II foi inaugurada em 16 de setembro de 1871, com a presença da Princesa Isabel e do Conde d’Eu. O prédio representa um marco histórico no desenvolvimento do município. Faz parte dos bens tombados pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural – INEPAC.

Localização: Rua Orozimbo Ribeiro, Centro.

 

 

 

 

Igreja Matriz de São Sebastião

Custódio Ferreira Leite, o Barão de Ayuruoca, deu início à construção da Igreja Matriz, que foi concluída pelo ten. Manuel Carlos de Barros em 1859. Sua forma original, de estilo neoclássico, sofreu alterações durante os anos visando aumentar o espaço físico para acolher o número crescente de fiéis. A Praça Ponce de Leon, defronte a Igreja, foi inaugurada em 1880.

Localização: Rua Andrade Figueira, nº 326, Centro.+

 

 

Procissão de Nossa Senhora Aparecida

A festa tem início com uma carreata pelas ruas e avenidas da cidade com uma procissão a pé. Segue com a Celebração da Palavra na Igreja Nossa Senhora Aparecida, de onde o grupo dá início à tradicional procissão de barcos  - que se repete há mais de meio século - pelo Rio Paraíba do Sul, do bairro Vila Maria até o Centro da cidade. A chegada da procissão fluvial acontece atrás da Câmara Municipal. De lá, os fiéis saem novamente pelas ruas até a Igreja Matriz de São Sebastião.

CNS CRIADO EM  2014  - ABENÇOADO POR DEUS e protegido pela Nossa Senhora - aprovado pelos romeiros.

  • google-plus-square
  • Twitter Square
  • facebook-square